A reeducação alimentar é a modificação dos hábitos alimentares e comportamentos com relação à alimentação. Com ela, passamos a compreender melhor as consequências de nossas escolhas diárias para a mente e para o corpo. E também aprendemos que é possível sim, ter prazer em se alimentar, ao mesmo tempo que cuidamos da saúde.

 

A melhor maneira de garantir uma vida mais saudável e a boa forma não é a partir de dietas malucas ou remédios. Para alcançarmos resultados duradouros é necessária a adoção de uma rotina de bons hábitos alimentares. Com uma dieta equilibrada é possível reduzir o apetite, acelerar o metabolismo, reduzir a ingestão calórica, aumentar a energia para a execução de exercícios físicos, entre outros.

 

E saiba que, optar pela reeducação alimentar não significa necessariamente restringir alimentos, mas sim, organizar melhor a ingestão das porções dos mesmos de forma mais saudável. As mudanças no estilo de alimentação podem ser difíceis no início, mas quando se transformam em hábitos ficam mais fáceis.

 

A reposição dos nutrientes, bem como o uso de dietas ricas em substâncias como vitaminas, antioxidantes, oligoelementos, minerais, micro e macro nutrientes, que participam e controlam ativamente todas as reações químicas do organismo, são imprescindíveis para a manutenção da vida e inibem o desenvolvimento de doenças mentais e físicas.

 

O elo entre o corpo e a mente

 

Você sabia que a falta de sono aumenta o risco de obesidade em 55% na fase adulta e em 89% nas crianças?

 

Tanto a falta de sono como o estresse aumentam o apetite por alimentos doces e salgados, podendo gerar transtornos compulsivos. Isso está relacionado com os níveis de cortisol elevados que gastam as reservas de glicose e causam os desejos.

 

Assim como o estresse, outras doenças também têm efeitos significativos na saúde e no peso, e uma alimentação saudável influencia diretamente no funcionamento da mente e do corpo. Introduzir novos hábitos alimentares serve para minimizar esses sintomas e consequências.

 

Muito além da alimentação

 

A reeducação alimentar deve caminhar lado a lado de um estilo de vida mais saudável. Isso inclui a prática de exercícios físicos, momentos de lazer, descanso e atividades prazerosas.

 

Procure realizar atividades que tenham a ver com o seu perfil e que você possa manter uma certa constância em sua prática para que os efeitos sejam melhores. Você pode começar com coisas leves, como caminhadas, aulas de dança, pedaladas, entre outros exercícios.

 

E não esqueça do lazer! Todo mundo precisa de momentos de diversão e tranquilidade. Vá ao cinema, assista sua série favorita, marque um encontro entre amigos, tire um dia para cuidar da beleza, o importante é ter um tempo só seu e cuidar do seu bem-estar.

 

_

 

E se você está à procura de melhorar seus hábitos alimentares e sua qualidade de vida, tenha em mente que a ajuda de um profissional especializado é essencial para ter resultados mais rápidos e assertivos, fazendo com que você não desanime no meio do caminho e consiga tornar-se a melhor versão de você mesmo. 

 

Clique aqui e conheça os nossos programas de emagrecimento saudável com análise de perfil e acompanhamento profissional. Você merece esse cuidado!



Ultimas do Blog

7 alimentos detox para incluir na sua dieta
De acordo com o Departamento de Obesidade da SBEM (Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia), os alimentos detox são válidos como aumento de ingestão de vegetais, e auxiliares na reduç...
Ler mais
Alimentos aliados da beleza para cabelos e pele
Não são só os cosméticos e procedimentos estéticos que mantêm a beleza dos cabelos, unhas e pele. Enquanto alguns alimentos têm o potencial de tirar o brilho da sua beleza, existem pequenos aju...
Ler mais
Dicas para manter uma alimentação saudável no inverno
Para se aquecer no inverno o corpo precisa aumentar o consumo de energia para manter a temperatura corporal, o que faz com que as pessoas comam mais e optem por refeições mais calóricas, como alime...
Ler mais